Enviar uma pergunta? CLICK AQUI
Seg - Sexta: 7:30 - 17:00
Sáb-Dom Fechado
3262 7482 - 3262 7483
16 99781 3817
16 99742 1727
Rua Barão do Rio Branco, 347 - Centro
Itápolis/SP

G1 GLOBO (Tudo Diário)

Últimas notícias de economia, política, carros, emprego, educação, ciência, saúde, cultura do Brasil e do mundo. Vídeos dos telejornais da TV Globo e da GloboNews.

  1. Levantamento mostra que principais executivos das empresas do Ibovespa chegam a ter remuneração até 663 vezes a média paga aos funcionários da companhia em que trabalham. A remuneração média de um presidente ou executivo-chefe (CEO, na sigla em inglês) no Brasil em 2019 foi 75 vezes maior do que a remuneração média paga aos funcionários das próprias empresas em que trabalham. A remuneração anual média de um CEO foi de R$ 11,28 milhões no ano passado, considerando as empresas listadas no Ibovespa, com valores que variaram entre R$ 584 mil e R$ 52 milhões. O levantamento foi feito pelo especialista em governança corporativa e ex-diretor da Previ, Renato Chaves, e compara os dados divulgados pelas companhias de capital aberto e disponibilizados no Formulário de Referência de 2019 da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) A divulgação dos salários mínimo, máximo e médio dos executivos das companhias abertas está prevista desde 2009 - mas somente em 2018 a CVM conseguiu derrubar uma decisão judicial que impedia a autarquia de exigir que todas as empresas divulgassem esses números. O levantamento mostra que um CEO tem remuneração equivalente a até 663 a média paga aos funcionários da sua respectiva empresas, conforme antecipado pelo jornal "Valor Econômico". Em 32 das 71 companhias analisadas, o maior salário é ao menos 100 vezes maior. As maiores diferenças na relação maior salário/remuneração média foram verificadas nas Lojas Americanas (663 vezes), Pão de Açúcar (649), Magazine Luiza (526), Intermédica (476) e Itaú (473). Veja gráfico abaixo: Empresas do Ibovespa com maiores diferenças salariais Economia G1 "São informações públicas que estão na CVM, mas que dá um pouquinho de trabalho procurar. Não são fáceis. Trata-se da maior remuneração da diretoria. É o CEO que a gente está falando", afirma Chaves. Para chegar calcular as diferenças salariais, o especialista comparou os maiores salários de cada empresa com a remuneração direta dos empregados que é informada no documento chamado Demonstração do Valor Adicionado (DVA). Ele explica, porém, que alguns fatores que podem influenciar a base de comparação dos números como por exemplo contratações concentradas no fim do ano, já que o Formulário de Referência da CVM refere-se à posição das empresas em 31 de dezembro e forma da composição do DVA, já que algumas empresas não incluem na remuneração direta dos funcionários itens como Participação nos Lucros e Resultado (PLR) e bônus por performance. Das 71 empresas do levantamento, as menores diferenças foram observadas na Energisa e na Eletrobras, onde o principal executivo ganha 3 vezes mais que a renda média dos funcionários. Na Petrobras, a relação ficou em 8,2 vezes. 'Desigualdade assustadora' Na avaliação do responsável pelo levantamento, os números revelam uma desigualdade salarial "assustadora" e superior a encontrada em outros países. Ele cita estudo da PayScale que apontou uma diferença máxima de 434 vezes nos Estados Unidos e outro da agência Bloomberg que apontou diferenças de 146 vezes na Alemanha e de 60 vezes na Suécia. "Vejo a remuneração de executivos no Brasil bem excessiva. O que pretendo mostrar com isso é que as empresas grandes fazem parte do problema da desigualdade da sociedade que nós temos", afirma. "Não existe super-homem. Ganha muito porque a empresa é grande, só por isso. Nenhuma estratégia vencedora pode ser creditado a uma única mente brilhante", acrescenta. Maiores remunerações anuais nas empresas do Ibovespa Itaú: R$ 52,06 milhões B3: R$ 51,25 milhões Santander: R$ 45,32 milhões CVC Brasil: R$ 37,9 milhões JBS: R$ 32,14 milhões Bradesco: R$ 30,66 milhões Cosan: R$ 27,25 milhões Cogna: R$ 22,82 milhões Magazine Luiza: R$ 21,25 milhões Braskem: R$ 21,12 milhões O que dizem as empresas Para o presidente da Associação Brasileira das Companhias Abertas (Abrasca), Eduardo Lucano, a remuneração média dos CEOs reflete "o valor de mercado do trabalho do executivo" e o a busca dos acionistas por melhores resultados para a companhia. "É claro que uma diferença tão grande de remuneração reflete também o processo de distribuição de renda no sentido mais amplo, tanto no exterior como no Brasil. O ideal é que as diferenças não fossem tão grandes, mas essa diferença que existe hoje reflete um conjunto de valores, de circunstâncias e de marcos legais e é um fato que decorre da demanda por essa mão de obra e da escassez dessa mão de obra", afirma. Ele destaca que a remuneração das diretorias das companhias abertas precisam ser sempre informadas e aprovadas em assembleias de acionistas e explica que os salários dos presidentes costumam estar quase sempre estar atrelados a entrega de resultados relacionados principalmente à valorização das ações da empresa. "A grande parte do ganho vem daí, não vem de remuneração fixa", diz Lucano. "Se a companhia vai mal, ele vai mal também. E se ele não 'performar', é demitido". Das 5 empresas com maiores diferenças salariais procuradas pelo G1, Pão de Açúcar, Intermédica e Itaú não comentaram o levantamento. As Lojas Americanas afirmou, em nota, que "parte substancial do valor" da maior remuneração da diretoria refere-se "a ações da companhia que ficam disponíveis em sua totalidade após 5 anos". A empresa informou ainda que teve em média 33.234 funcionários ao longo do ano de 2019, o que leva a uma remuneração média de empregados de R$ 32.724,29, acima do valor de R$ 29.268,50 do levantamento. Já a Magazine Luiza disse que a maior parte da remuneração da diretoria-executiva é baseada na valorização das ações da empresa, "que registraram um dos principais retornos na B3 nos últimos anos". "Esse modelo, usado amplamente por companhias de capital aberto de todo o mundo, é uma forma de alinhar a remuneração dos principais executivos ao desempenho da empresa", destacou. "Vale lembrar que boa parte desse valor só pode ser resgatado no longo prazo. Os planos têm, em média, cinco anos. Se as ações caírem, o total também diminui", acrescentou a empresa. Número de investidores na Bolsa de Valores salta 76% em 2020 e beira 3 milhões

  2. Devem declarar o ITR pessoas físicas e jurídicas proprietárias ou que detenham qualquer título de imóvel rural. Multa para quem não é entregar declaração é de 1% ao mês sobre o total do imposto devido. Fazenda de Altinópolis (SP) aluga colmeia de abelhas para polinizar lavoura de café Sérgio Oliveira/EPTV Termina nesta quarta-feira (30) o prazo de entrega do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR) de 2020. Os proprietários rurais de todo o Brasil deverão enviar o documento até às 23h59. Segundo a Receita Federal, até terça-feira (29), já foram entregues 5,3 milhões de declarações. A expectativa é que de que 5,9 milhões de documentos sejam recebidos. Quem não apresentar a declaração no prazo está sujeito à multa de 1% ao mês calculada sobre o total do imposto devido. O valor do imposto pode ser pago em até 4 parcelas iguais, mensais e sucessivas, sendo que nenhuma quota pode ter valor inferior a R$ 50. Imposto de valor inferior a R$ 100 deverá ser pago à vista até o último dia do prazo para a apresentação do ITR. Quem deve entregar? De acordo com o governo federal, deverão apresentar a declaração pessoas físicas e jurídicas proprietárias, titulares do domínio útil ou que detenham qualquer título do imóvel rural. Apenas os contribuintes imunes ou isentos estão dispensados de entregar o documento. O produtor que perdeu ou transferiu a posse ou o direito de propriedade da terra desde 1º de janeiro também está obrigado a apresentar a declaração. No site da Receita, é possível acessar uma página de perguntas e respostas sobre a declaração. VÍDEOS: mais notícias do agronegócio

  3. Pesquisadores também observaram que nem cachorros e nem gatos desenvolvem a doença quando infectados pelo vírus. Gatos podem transmitir o coronavírus para outros gatos, mas não há evidências de que transmitam para os seres humanos. Divulgação Um estudo publicado nesta terça-feira (29) na revista científica Pnas (Proceedings of the National Academy of Sciences) observou que gatos infectados pelo novo coronavírus desenvolvem resposta imune ao vírus, podendo servir de modelo animal para as pesquisas da vacina contra a Covid-19. Gata é infectada pelo novo coronavírus no Reino Unido Animais de estimação podem carregar a Covid-19 na pelagem; saiba como higienizar "Os gatos desenvolvem anticorpos neutralizantes significativos e são resistentes à reinfecção, embora a duração da imunidade neles não seja conhecida atualmente. Isso pode ser um modelo útil para testes de vacinas subsequentes, tanto para vacinas candidatas humanas quanto para animais", informa a conclusão da pesquisa. O estudo foi desenvolvido pelos cientistas da Escola de Medicina Veterinária da Universidade Estadual do Colorado, nos Estados Unidos. Eles lembraram que, apesar das implicações do coronavírus para os animais ainda serem amplamente desconhecidas, não há evidências até o momento de que gatos ou cães possam transmitir o SARS-CoV-2 para humanos. Transmissão Os cientistas também observaram que os gatos podem transmitir o vírus para outros gatos por cerca de cinco dias, por contato direto via oral e nasal. "A liberação viral relativamente alta produzida por gatos e a rapidez da transmissão podem torná-los um modelo ideal para simulação de aerossóis", afirma o estudo. Assim como os gatos, os cachorros também não desenvolvem a doença quando infectado pelo coronavírus. Por outro lado, diferentemente dos gatos, eles não transmitem o vírus e não produzem imunidade após serem infectados, ficando suscetíveis a uma segunda infecção. Gato francês se recupera da Covid-19 Método De acordo com a publicação, os cães e os gatos que participaram do estudo foram infectados e, então, observados duas vezes ao dia. As temperaturas corporais foram registradas diariamente no mesmo horário todas as manhã. Eles também passaram por pesagem e radiografias torácicas frequentes. Quanto à avaliação clínica, os veterinários observaram os animais em busca de mudança de comportamento e de sintomas de doença, como secreção ocular, secreção nasal, tosse / espirro, dispneia, diarreia, cansaço e perda de peso. "Nenhum dos animais exibiu sinais clínicos de doença caracterizados por qualquer um desses sintomas, em nenhum momento do estudo", informa o texto da pesquisa, que não descarta, contudo, a possibilidade dos animais de desenvolverem a Covid. Vídeos: Novidades na corrida pela vacina contra a Covid-19 Initial plugin text

  4. Ambientalistas temem que flexibilização da legislação agrave o problema. No intervalo de um ano, foram 804 hectares de restinga foram desmatados no estado. Ceará é o estado que mais desmata restinga no país Sema/Divulgação O Ceará lidera o ranking nacional de desflorestamento em áreas de restinga, segundo o Atlas dos Remanescentes de Florestais da Mata Atlântica, da Fundação SOS Mata Atlântica. O relatório mais recente aponta que, entre os anos de 2018 e 2019, o estado perdeu 804 hectares da vegetação total (59.481 ha). As dificuldades são históricas: em 2013, foram 494 ha e, em 2016, um total de 788 ha. Os dados vêm figurando o Ceará no topo lista composta pelos 17 estados protegidos pela Lei da Mata Atlântica. Apesar dos desafios já impostos, ambientalistas relatam um cenário que se mostra ainda mais preocupante. Nesta semana, o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) revogou medidas protetivas em relação às áreas de restinga e também manguezais. Na noite de terça-feira (29), a Justiça derrubou a decisão. Especialistas e instituições comentam decisão do Conama e prejuízos para o meio ambiente A especialista em gestão ambiental e articuladora do Ecomuseu Natural do Mangue, Fabiana Pinho, ressalta que os impactos são enormes caso a medida ainda entre em vigor. “São áreas próximas à praia, lagoas, baías, áreas supervalorizadas. Em virtude disso, a especulação imobiliária aterra para a construção de casas, marinas e indústrias”, explica. Caso a decisão anunciada pelo conselho passe a valer, as seguintes áreas perdem a proteção legal: Áreas de restinga e manguezais, que eram definidas como Áreas de Preservação Permanente (APPs); Áreas nos entornos de reservatórios de água; Deixa de valer a resolução que defende o licenciamento ambiental para projetos de irrigação; Passam a ser revogados os pontos que proibiam a queima de resíduos agrotóxicos e de lixo tóxico em fornos para a produção de cimento. O G1 tentou contato com o Ministério do Meio Ambiente, mas não houve retorno até a publicação desta matéria. Áreas de mangue Proposta do ministro Ricardo Salles ameaça também os mangues do Ceará e do país Divulgação Segundo o Atlas dos Remanescentes de Florestais da Mata Atlântica, o Ceará é o terceiro nordestino em área de manguezais existentes (15.189 ha), atrás, apenas, da Bahia (73.157 ha) e Sergipe (24.591 ha). A articuladora ambiental, Fabiana Pinho, destaca que estes ecossistemas são os mais impactados com a decisão. “O manguezal, entre tantos outros serviços ecossistêmicos, faz a proteção da linha de costa contra avanço do mar e a provisão de alimentos para as comunidades locais”, explica. A estimativa é de que entre 70% e 80% dos animais marinhos com importância econômica utilizam o manguezal pelo menos uma vez na vida. No Ceará, 22 municípios contam com a presença desses ecossistemas. “Outro fato de suma importância, os sedimentos de carbono armazenados (sequestrados) nos manguezais são, em média, cinco vezes maiores que os observados em outros tipos de florestas. Havendo impacto na vegetação, no ecossistema como um todo, toda a fauna marinha fica comprometida”, pondera Fabiana Pinho. Conservação Em maio de 2019, o Ministério do Meio Ambiente reduziu a lista de participantes do Conama. Antes com 96, o Conselho passou a ter 23 - incluindo o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, na presidência. O G1 também questionou o Ministério sobre este assunto, mas não houve retorno até a publicação. Diante da situação, o secretário do Meio Ambiente (Sema) do Ceará, Artur Bruno, ressalta a importância de fortalecer os instrumentos locais. “O principal desafio é garantir o crescimento econômico em harmonia com a proteção dos recursos naturais e culturais. Para tanto, o governo vem elaborando, ao longo do tempo, instrumentos técnicos – legais norteadores à implementação da Política Ambiental no Estado do Ceará”. Bruno afirmou, ainda, que o estado segue elaborando um Zoneamento Ecológico-Econômico da Zona Costeira (ZEEC). “Um dos instrumentos da Política Nacional e Estadual, que tem por objetivo, o ordenamento para o uso e ocupação das áreas litorâneas. Destacando que ao longo dos 573 km de costa cearense encontram-se 15 Unidades de Conservação (UC) estaduais, que ocupam uma área de 32.456 hectares, protegendo esses ecossistemas”, afirmou. Quanto às revogações do Conama para as áreas de restinga e manguezais, o secretário afirma que o Estado conta com “procedimentos de Licenciamento, Monitoramento e Fiscalização que continuam assegurando a proteção das Áreas de Preservação Permanente (APP)”. Em relação às demais revogações, Bruno ressalta que é preciso estabelecer critérios. “Por tratar-se da queima de resíduos considerados perigosos do ponto de vista ambiental, torna-se necessária a determinação de parâmetros e critérios técnicos e científicos que garantam um processo de licenciamento ambiental seguro e eficaz na proteção do meio ambiente”, destaca. “É fundamental fortalecer o Sistema Estadual do Meio Ambiente, por meio da descentralização da Gestão Ambiental, implementar os Planos de Manejo das Unidades de Conservação; fortalecer a fiscalização e o monitoramento ambiental da Zona Costeira; ampliar as áreas protegidas em Unidades de Conservação; elaborar os Planos Municipais de Conservação da Mata Atlântica; estimular a gestão socioparticipativa das comunidades tradicionais e nativas”.

  5. Para efetuar o pagamento, é necessário acessar o site do Detran ou o aplicativo do órgão. IPVA de veículos com placa final 0 vence nesta quarta-feira, em Goiás Jamyle G1 A 1ª parcela do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para veículos com placa final de número “0” vence nesta quarta-feira (30), em Goiás. Para acessar o boleto, é preciso entrar no site do Detran ou no aplicativo de celular Detran GO ON. A 2ª parcela do IPVA dos veículos com placa final “0” vence no dia 30 de outubro. Já o prazo para quitar a 3ª parcela ou cota única é 30 de novembro. Em relação às demais placas, a 2ª parcela dos veículos de placa final “9” e a 3ª parcela ou cota única com placa final “8” vencem no próximo dia 6 de outubro. O Detran não envia boletos de IPVA para as residências dos proprietários dos veículos. O pagamento do imposto dentro do prazo libera desconto de 50% para proprietários de veículos com motor 1.0 ou motocicletas de até 125 cilindradas, sem multas de trânsito. Há também desconto de até 10% para quem pontuou no programa Nota Fiscal Goiana. O atraso no pagamento gera juros sobre o IPVA. De acordo com o Detran, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) classifica a falta de licenciamento do veículo como infração gravíssima, além de resultar na remoção do veículo para o pátio do Detran. CRLV digital e impresso O Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo digital (CRLV-e) é liberado após quitar o Licenciamento, DPVAT e eventuais multas. Além da versão digital, o documento pode ser impresso pelo site do Detran e também pela versão digital do aplicativo Detran GO ON. O acesso é por meio do menu “veículos” em ambas as plataformas. É necessário preencher os dados do automóvel nos locais indicados para visualizar o documento. Veja outras notícias da região no G1 Goiás. VÍDEOS: trânsito em Goiás

  6. Testes devem ser agendados previamente e são realizados das 8h às 17h, na Escola Municipal Mônica Castro Carneiro. Também haverá vacinação contra gripe e sarampo. Secretaria Municipal de Saúde faz nova testagem na população da região leste de Goiânia Prefeitura de Goiânia/Divulgação A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) volta a realizar, nesta quarta-feira (30), a testagem ampliada para detectar a Covid-19 na região leste de Goiânia. Os testes são feitos na Escola Municipal Mônica Castro Carneiro, no Jardim Novo Mundo, das 8h às 17h, nas modalidades drive-thru e pedestre. Os moradores dos 162 bairros que compõem a região podem realizar o agendamento no site da Prefeitura de Goiânia. No dia do teste será necessário apresentar um comprovante de endereço. A testagem na região termina na quinta-feira (1º). A testagem é feita com swab, uma haste semelhante a cotonete, e será realizada em moradores acima de 12 anos, que não apresentem sintomas. O exame fica pronto cerca de 20 minutos após a coleta. Para aqueles que apresentam sintomas, a orientação é procurar uma unidade de saúde. Os casos positivos serão encaminhados para uma equipe de médicos, biomédicos e enfermeiros que estarão no local. Os profissionais vão realizar o atendimento sem a necessidade de encaminhamento para uma unidade de saúde. A estratégia visa promover o isolamento social de pacientes positivos para a Covid-19. Testagem ampliada A testagem ampliada da população teve início no dia 5 de agosto. Até a última sexta-feira (25), foram realizados 84.258 testes de antígeno, sendo 10.578 com resultado positivo para a Covid-19, ou seja, 12,6%. Segundo a SMS, os testes são realizados em locais com maior índice de disseminação do coronavírus. Por isso, de acordo com a secretaria, a região leste será testada novamente nesta semana. A secretaria informou que, até a última segunda-feira (28) foram registrados 3.602 internações por Covid-19 de pacientes residentes em Goiânia, em leitos de própria gestão. Só o Jardim Novo Mundo registrou 152 internações de Covid-19. Em segundo lugar, aparece, o Setor Finsocial, com 120 internações. Vacinação contra sarampo e gripe Para aproveitar o fluxo de pessoas nos locais de testagem, a SMS continua realizando a vacinação contra sarampo e gripe nas pessoas que apresentarem resultado negativo para a Covid-19. Podem se vacinar contra sarampo pessoas com idade entre 20 e 49 anos, independente do número de doses tomadas anteriormente. No caso da gripe, podem se vacinar pessoas de todas as idades que ainda não foram imunizadas este ano. Serviço Testagem da Covid-19 na região leste Data: Quarta-feira (30) e quinta-feira (1) Horário: 8h às 17h Local: Escola Municipal Mônica Castro Carneiro: Avenida Cristóvão Colombo - Jardim Novo Mundo Agendamento do teste no site da Prefeitura de Goiânia Veja outras notícias da região no G1 Goiás. VÍDEOS: coronavírus em Goiás

  7. Davi Pires diz que vai estudar bastante até se tornar um PM. Mãe conta que se surpreendeu quando o filho lhe pediu ajuda para enviar a mensagem. Menino de 6 anos escreve carta para policiais pedindo farda de presente, em Aparecida de Goiânia, Goiás. Sueli Teixeira/ Arquivo Pessoal Para ir aos poucos tornando realidade o sonho de se tornar um policial, o estudante Davi Nogueira Pires, que mora em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, escreveu uma carta pedindo aos policiais uma farda de presente. Para ele, ganhar o mesmo uniforme utilizado pela corporação seria gratificante. "Estou escrevendo essa carta para os guerreiros do Brasil que são os policiais. O meu sonho é ser policial. O meu sonho é ter uma roupa de 'polícia', só que custa muito caro e minha mãe não pode me dar", diz um trecho da carta. Mãe de Davi, Sueli Teixeira Pires, de 35 anos, conta que ficou surpresa quando o filho lhe pediu ajuda para escrever a mensagem, pois ele ainda não sabe como se escreve todas as palavras. Ela pretende deixar a mensagem no Batalhão da Polícia Militar de Aparecida de Goiânia, assim que possível. Sueli explica que não tem condições financeiras de comprar uma farda para o menino, que dorme em um colchão colocado no chão por não ter uma cama. Segundo a mãe de Davi, ela sustenta o filho com o que o recebe pelo trabalho em uma chácara: “Ganho R$ 500 por mês”. Futura profissão De acordo com Davi, que mora no Setor Garavelo Sul 1, o sonho de ser policial militar surgiu ao ver profissionais trabalhando. Desde então, ele passou a admirar a profissão e a se preparar o futuro. “Eu gosto muito do trabalho dos policiais e quero estudar bastante para ser um deles”, diz Davi. Para Sueli, a escolha do filho é motivo de se orgulhar. Apesar de saber dos riscos da profissão, ela apoia a decisão do menino em seguir a carreira militar no futuro. “Fico orgulhosa de ele querer essa profissão, pois eles fazem um trabalho ótimo. Eu acho essa profissão arriscada, mas é o sonho dele”, completa Sueli. Menino que sonha em ser policial escreve carta pedindo farda de presente, em Aparecida de Goiânia, Goiás. Sueli Teixeira/Arquivo Pessoal Veja outras notícias da região no G1 Goiás. VÍDEOS: veja as últimas notícias sobre Goiás

  8. Vítima foi atropelada por um carro, que parou para prestar socorro, mas, em seguida, ao cair na pista, acabou atingida por um caminhão. Acidente aconteceu na Via Expressa Sul, em Praia Grande, SP G1 Santos Um homem, ainda não identificado, morreu após ser atropelado duas vezes seguidas na Via Expressa Sul, em Praia Grande, no litoral de São Paulo. De acordo com a Polícia Civil, o condutor do segundo veículo que atingiu a vítima fugiu sem prestar socorro. Segundo informado pela polícia nesta quarta (30), o caso ocorreu na madrugada de terça-feira (29), quando a vítima trafegava a pé pela rodovia. O condutor de um carro, de 65 anos, acabou o atropelando. Ele informou à Polícia Civil que foi surpreendido pelo homem e não teve tempo de frear. O motorista parou para prestar socorro. "O condutor do carro prestou socorro, só que ele [vítima] acabou caindo para dentro da pista, veio um caminhão, cujo motorista não foi identificado ainda, e acabou passando por cima, fugindo depois do acidente", explicou o delegado Alex Mendonça do Nascimento. Apesar de o socorro ter sido acionado para a vítima, foi constatado o óbito no local, após o segundo atropelamento. De acordo com o delegado, são realizados trabalhos investigativos para identificar o condutor do caminhão. "Foram solicitadas imagens de câmeras do local e instaurado inquérito policial para cabal apuração dos fatos", destaca a autoridade policial. O caso foi registrado na Delegacia Sede de Praia Grande como homicídio culposo (sem intenção de matar), e também de fuga do local do acidente, com relação ao condutor do caminhão. A vítima ainda não foi identificada.

  9. Jovem foi arrastada quando um motociclista puxou sua bolsa. Vítima caiu na via e teve o rosto desfigurado, em Guarujá, no litoral paulista. Câmeras flagraram jovem que teve o rosto desfigurado sendo arrastada em tentativa de assalto Um vídeo obtido pelo G1 nesta quarta-feira (30) mostra a jovem de 25 anos que teve o rosto desfigurado sendo arrastada por um motociclista, durante uma tentativa de assalto em Guarujá, no litoral de São Paulo. A estudante de Odontologia Juliana Rosa terá de realizar cirurgias plásticas para reparar os danos que a queda causou em sua face. O crime ocorreu na última quinta-feira (24), enquanto a vítima esperava um ônibus para ir trabalhar, na Avenida Dom Pedro, na altura do bairro Jardim São Manoel. Nas imagens, é possível ver o motociclista se aproximando do ponto de ônibus na contramão da via. Ao chegar, ele desacelera a moto e puxa a bolsa da jovem. Juliana foi arrastada por um criminoso de motocicleta em Guarujá, SP Arquivo Pessoal Câmeras de monitoramento flagram a estudante sendo arrastada até cair violentamente no chão e desmaiar. “Eu não me lembro de nada. O que me disseram foi que, ou a minha bolsa enganchou em algum lugar, ou eu a segurei com força”, afirma Juliana. O vídeo ainda mostra o bandido soltando o pertence e fugindo. Homem fugiu após arrastar a jovem em Guarujá, SP Reprodução Após o ocorrido, a jovem foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Dr. Matheus Santamaria, popularmente conhecida como PAM da Rodoviária, e posteriormente encaminhada para o Hospital de Guarujá, onde permanece internada. “Vou precisar fazer a reparação [plástica], mas ainda não sei o que será feito. Essa semana vou passar pelo cirurgião plástico”, afirma. Ao G1, Juliana afirmou que está traumatizada após o ocorrido. O caso foi registrado na Delegacia Sede de Guarujá e é investigado pela Polícia Civil. Segundo apurado pela Reportagem, até o momento, o suspeito não foi localizado pelas autoridades. Atenção: Imagem forte G1 Jovem ficou com o rosto desfigurado após ser arrastada durante uma tentativa de assalto Arquivo Pessoal

  10. Estabelecimento afirmou, em nota de esclarecimento, que não utiliza álcool em frascos não identificados, e que o garçom acusado foi demitido. Fabíola Ramos, mãe da criança que teria bebido álcool 70%, irá processar restaurante em Santos, SP Arquivo Pessoal/Fabíola Ramos Uma família acusa um garçom de um restaurante em Santos, no litoral de São Paulo, de servir álcool 70% ao invés de água gelada para que uma criança de 1 ano e 11 meses bebesse. Ao ingerir o líquido, o menino precisou ser socorrido após vomitar, mas foi avaliado e passa bem. Em entrevista ao G1 nesta quarta-feira (30), Thalyta Silva, tia da criança, contou que a confusão ocorreu em um restaurante localizado no bairro Ponta da Praia, quando a família já estava de saída do estabelecimento, no dia 20 deste mês. Ao se dirigirem ao caixa para pagar pela refeição, a mãe da criança decidiu comprar água para o menino, que estava com sede. Como a garrafa de água estava gelada, a mãe optou por pedir ao garçom para encher o copinho do menino com água em temperatura ambiente. Minutos depois, ele trouxe o copo cheio, que foi dado à criança imediatamente. O menino deu um gole, chegou a cuspir e ficou com a língua para fora. "Pensamos que tinha sido o pirulito que ele estava comendo e continuamos conversando", conta Thalyta. Copo usado pela criança no restaurante em Santos, SP Arquivo Pessoal/Fabíola Ramos Após pagar a conta, enquanto saíam do restaurante, a mãe do menino sujou a mão com o pirulito e abriu o copinho para usar a água para se limpar. "O cheiro de álcool exalou na hora. Não tínhamos dúvidas que aquilo não era água, mesmo assim, peguei e bebi para provar. Até queimou minha boca", relata. Quando reclamaram, segundo Thalyta, o garçom imediatamente pegou o copo e jogou o conteúdo fora, lavando-o em seguida. Ele trouxe, ainda, uma garrafa de água lacrada para a família. "Não sei como um ser humano consegue fazer isso com uma criança tão inocente", diz. Mãe e tia apontaram o erro ao gerente do restaurante, que verificou as imagens das câmeras de monitoramento, que mostram o garçom pegando uma garrafa sem rótulo na cozinha e a usando para encher o copo infantil. Ele misturou com água do filtro antes de entregar às clientes. Elas chamaram a Polícia Militar e registraram a ocorrência junto à corporação, mas, indo à delegacia, não conseguiram prosseguir com a denúncia. De acordo com elas, policiais civis de plantão alegaram falta de provas para registrar o boletim. A criança vomitou algumas vezes e precisou ser levada a um pronto-socorro, mas foi avaliada e passa bem. Desabafo sobre a situação foi compartilhado nas redes sociais Reprodução/Facebook Danos morais O advogado João Manoel Armoa Junior, que representa a mãe da criança, afirmou que irá mover um processo por danos morais contra o restaurante, além de solicitar a abertura de um inquérito policial pela Polícia Civil para apurar o caso. Como o copo do bebê foi lavado pelo garçom, o advogado aponta que não há prova técnica, mas que seguirão com a prova testemunhal. O defensor afirma, ainda, que um laudo médico apontou corpo estranho no organismo da criança, mas não identificou qual seria. A ação deve ser distribuída até o fim desta semana. Confira a nota de esclarecimento do restaurante Veja abaixo a íntegra da nota de esclarecimento divulgada pelo Brother's Bar e Choperia II, restaurante onde trabalhava o garçom acusado de servir álcool 70% para a criança beber. "Prezados clientes, fornecedores, frequentadores e amigos do Brother’s Bar e Choperia, Mantendo o nosso compromisso de transparência com todos e nosso dever, como empresa, em prestar uma segunda nota com um esclarecimento posterior à análise das filmagens e do relato por parte do funcionário envolvido no ocorrido, vimos, por meio desta, findar qualquer falácia sobre o que de fato aconteceu. Por meio dos vídeos, é possível avaliar que há um procedimento inadequado e fora dos padrões estabelecidos pela casa, por parte do funcionário que atendia à mesa da Sra. Thalyta e da Sra. Fabíola. Entretanto, apesar das imagens, não é comprobatório que o mesmo, conforme é alegado, tenha servido qualquer substância indevida para o filho da Sra. Fabíola. O estabelecimento dispõe de apenas uma única forma de servir água aos seus clientes, através da venda em recipiente lacrado e rotulado. Por motivo que não é padrão, a solicitação de um favor para abastecimento de um copo para a criança, atendida pelo garçom, não fora feito diretamente pelo filtro de água, disponível de forma visível a todos os clientes, na copa do estabelecimento. Asseguramos que o Brother’s Bar e Choperia não faz uso de material de limpeza em sua copa em frascos sem rótulo, bem como em recipientes inapropriados, passíveis de ambivalência ou dúvida, tendo seu uso exclusivamente em forma de gel, para as mãos, e em borrifadores, para outras aplicações. As bebidas alcoólicas permanecem em seus frascos originais, devidamente rotulados, pois se faz necessário não somente para distinção do produto, mas para preservação da qualidade e do sabor das mesmas. Nossa medida pontual, em resposta aos fatos apurados, é a demissão imediata do supracitado funcionário e as tratativas subsequentes seguem com nosso departamento jurídico. A todos os nossos clientes e amigos, que sabem o trabalho que fazemos para servi-los da melhor forma possível, nosso muito obrigado pela compreensão".

  11. Rapaz de 18 anos e menina de 9 foram socorridos e encaminhados para o Hospital Municipal de Contagem. Policiais militares isolaram a casa onde aconteceu o crime Reprodução / TV Globo Um rapaz de 18 anos e uma menina de 9 anos foram esfaqueados pela própria mãe, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na noite desta terça-feira (29). O crime aconteceu dentro da casa da família, no bairro Durval de Barros. De acordo com o boletim de ocorrência, Simone de Oliveira, de 37 anos, passava por um tratamento contra a depressão e fazia uso de medicamentos controlados. A informação foi repassada pelo pai dela e avô das vítimas. Segundo a PM, quando os militares chegaram ao local, encontraram a mulher já sem vida. A morte foi confirmada pelos médicos do Samu. O rapaz e a criança estavam com ferimentos provocados por faca e foram socorridos. O jovem é surdo e mudo. Animal de estimação Aos policiais, o avô das vítimas contou que, na manhã desta terça-feira, houve um desentendimento na família por causa de um animal de estimação. Ele também contou aos militares que a mulher passou o dia muito agitada. Ainda segundo o homem, Simone teve um surto psicótico e, por isso, agrediu os filhos. Os dois foram socorridos para o Hospital Municipal de Contagem e, segundo a PM, não correm risco de morrer. O corpo da mãe deles foi levado para o Instituto Médico Legal de Contagem.

  12. Bom dia! Aqui estão os principais assuntos para você começar o dia bem-informado. A corrida presidencial nos Estados Unidos começou para valer com um debate entre Donald Trump e Joe Biden tenso, agressivo e que envolveu até a devastação de florestas no Brasil. A desoneração da folha de pagamento de 17 setores. A volta do ministro Celso de Mello a uma sessão do STF. A pandemia no Brasil e a Mega-Sena de R$ 60 milhões. Debate nos EUA: Trump x Biden Observados pelo moderador Chris Wallace, Donald Trump e Joe Biden participam de debate presidencial em Cleveland, Ohio, na terça-feira (29). Olivier Douliery/Pool via REUTERS Um debate confuso, tenso e agressivo. Donald Trump e Joe Biden se enfrentaram pela primeira vez em Cleveland, Ohio, na corrida pela Casa Branca. Nem o moderador Chris Wallace, da Fox News, conseguiu controlar a troca de farpas. O tom foi de acusações pessoais, discordâncias e falas atropeladas. O G1 e a GloboNews transmitiram. Os dois rivais abordaram temas como a pandemia do novo coronavírus, meio ambiente, racismo e outros temas do noticiário político americano. Biden envolveu até o Brasil, ao criticar o desmatamento das florestas e dizer que irá trabalhar para arranjar dinheiro para combater a devastação. Antes, chamou Trump de mentiroso e palhaço e o mandou calar a boca. Trump esteve incontrolável. Interrompeu o oponente muitas vezes, não respeitou o tempo de sua respostas. Chamou Biden de ser aliado da esquerda radical e que ele irá destruir o país. Biden: "As florestas tropicais no Brasil estão sendo destruídas. Consequências econômicas ao país caso este não cumpra com metas de preservação das florestas". Trump: "Nunca houve um governo ou um presidente que fez o que eu fiz em um período de três anos e meio. Antes de a Covid chegar, tínhamos a melhor economia na história, os menores números de desemprego. Tudo estava bem". Leia mais frases dos dois candidatos. Clique aqui e veja vídeos do debate. Veja as analises de especialistas da TV Globo e da GloboNews e o comentário da Sandra Cohen. Desoneração da folha Após vários adiamentos, o Congresso se reúne e pode derrubar veto do presidente Jair Bolsonaro à prorrogação da desoneração da folha de pagamento de empresas de 17 setores. Os parlamentares procuram uma "posição legal" para permitir o benefício até o fim do ano que vem sem questionamento jurídico. E o governo já dá como certa a derrubada do veto e, por isso, tenta emplacar a proposta de um novo tributo. Depoimento de Bolsonaro O ministro Celso de Mello decidiu retirar do plenário virtual do Supremo Tribunal Federal (STF) o recurso que discute se o presidente Jair Bolsonaro pode, ou não, prestar depoimento por escrito no inquérito que apura suposta tentativa de interferência política na Polícia Federal. Ele é o relator do inquérito no STF, mas esteve afastado por uma licença médica e retomou o trabalho na última sexta (25). O tema volta para o plenário convencional do Supremo – a data do julgamento ainda não foi definida. Um freio na 'boiada' de Ricardo Salles A Justiça Federal do Rio suspendeu a 135ª reunião do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) que tinha revogado diversas normas como as de proteção de manguezais e restingas. A liminar (decisão provisória) da 23ª Vara Federal Criminal atende a pedido feito em ação popular contra as medidas do Conama, presidido pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. A Advocacia-Geral da União declarou que tomará as medidas processuais assim que for notificada oficialmente. PGR arquiva apuração da fala de Ricardo Salles, que sugeriu ao governo 'ir passando a boiada' Eleição em números Candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador em 2020 declaram ter R$ 1,3 bilhão em dinheiro vivo. E dois em cada cinco candidatos declaram não ter nenhum bem. 2% são milionários. Veja a cobertura completa das eleições deste ano. Conheça as novidades da lei eleitoral. São Paulo tem o maior número de candidatos a vereador ao menos desde 2008 Emprego x Desemprego Saem hoje dados de agosto do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Em julho, o Brasil voltou a gerar empregos com carteira assinada, com mais 131.010 vagas abertas, uma evolução positiva do emprego formal após quatro meses de queda. O Assunto Contabilidade criativa: o governo vai usar? A utilização de recursos do Fundeb e a moratória de precatórios são as mais recentes opções apresentadas para bancar um novo projeto de programa social. A proposta, apresentada pelo líder do governo no Congresso, pegou mal: a Bolsa despencou, e o dólar subiu. E voltamos a ouvir termos como "calote" e "pedalada fiscal". Entenda no episódio de hoje. Pandemia no Brasil O país registrou 849 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 143.010 óbitos. São 4.780.317 brasileiros com o novo coronavírus desde o começo da pandemia. Caso Backer Cristiano, Isabella e Flávia antes do transplante em Belo Horizonte Flávia Schayer/Arquivo pessoal "Rim novo já saiu funcionando", diz filha de professor que recebeu órgão doado pela esposa. De acordo com o médico Ricardo Gontijo, Cristiano Gomes deve ficar alguns dias na UTI. No início da tarde, Flávia Schayer, que doou o rim, já estava no quarto. Previsão do tempo Vem aí um dia de muito calor na maior parte do país. Mas há riscos de temporais em áreas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e boa parte da região Norte do país. A umidade segue baixa no Centro-Oeste e no interior de São Paulo. E atenção para ventos fortes nos litorais do RJ, ES e RS. Confira a previsão do tempo para quarta-feira (30) no Brasil Mega-Sena O concurso 2.304 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 60 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20 horas. Curtas e Rápidas: Auxílio Emergencial: 5,2 milhões recebem o benefício nesta quarta; trabalhadores fora do Bolsa Família começam a receber parcela de R$ 300 Entrega da declaração do imposto sobre a propriedade rural de 2020 termina nesta quarta-feira 'Libelu - Abaixo a ditadura' lembra grupo que desafiou regras à esquerda e à direita nos anos 70 Futebol Brasileirão 21h30: Botafogo x Bahia 21h30: Corinthians x Atlético-GO Campeonato Cearense - Final 21h30: Ceará x Fortaleza

  13. Pelo menos dois grandes grupos estavam no local, desrespeitando as regras de distanciamento e sem o uso de máscaras. Restaurante fastfood funcionava após 22h da terça-feira (29), na Região Centro-Sul de BH Reprodução / TV Globo Clientes de um restaurante foram flagrados consumindo produtos do estabelecimento na praça Tiradentes, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, na noite desta terça-feira (29). As cenas puderam ser vistas por volta das 22h30, fora do limite estabelecido pelo decreto da prefeitura da capital, que vai até às 22h. As imagens mostram que os clientes ocupavam uma estrutura às margens do Porks, na unidade do bairro Funcionários. Eles consumiam hambúrgueres e chope, vendidos pelo restaurante. Pelo menos dois grupos estavam no local, desrespeitando as regras de distanciamento e sem o uso de máscaras. Clientes utilizavam estrutura da PBH para consumir produtos vendidos no restaurante Reprodução / TV Globo De acordo com Luis Felipe, gerente do Porks, o local funciona em esquema de entregas desde o início da pandemia, conforme regulamentado por decreto da prefeitura de Belo Horizonte. Ele conta que os clientes buscam os pedidos no balcão e são orientados a não permanecerem no entorno. Mas nem sempre seguem o conselho. O gerente também foi questionado sobre a venda de bebidas alcoólicas fora do dia permitido pela prefeitura e informou que o chope é comercializado em um growler, uma espécie de barril, também para consumo fora do estabelecimento. E não vê impedimento da prefeitura nesta prática. Reincidente Não é a primeira vez que há registro de movimento incompatível com a determinação da prefeitura no Porks. No dia 17 de setembro, imagens que circularam pelas redes sociais indicavam aglomeração em frente ao estabelecimento. Movimentação em frente ao restaurante na noite de quinta-feira, 17 de setembro Redes Sociais Centenas de pessoas ocupavam a praça Tiradentes. Boa parte deles faziam o consumo dos produtos vendidos pela casa. Até então, a prefeitura ainda não havia liberado o funcionamento de empresas do setor às quintas-feiras. Fiscalização À época, a reportagem da TV Globo questionou a fiscalização da prefeitura. A Subsecretaria Municipal de Fiscalização informou que os fiscais orientaram pelo encerramento das atividades e que foram prontamente atendidos pelo proprietário. Não houve interdição. A Guarda Municipal de Belo Horizonte e a Subsecretaria Municipal de Fiscalização foram questionadas pelo G1, por volta de 1h40, sobre o flagrante desta terça-feira, já que os clientes utilizavam um espaço público próximo ao restaurante para consumir os produtos. A reportagem aguarda o retorno com o posicionamento.
  14. Espetáculo deplorável, com ofensas pessoais entre Trump e Biden, é extensão de país dividido. Veja os destaques do primeiro debate entre Donald Trump e Joe Biden O eleitor americano foi o grande perdedor do debate caótico e raivoso entre dois candidatos ao comando dos EUA que, durante 90 minutos, se desqualificaram, trocando ofensas e falando ao mesmo tempo. Foi um espetáculo superficial e de baixo nível inédito, como a extensão de um país dividido. Trump chamou Biden de burro, ouviu do adversário que é um palhaço e mentiroso. O presidente Donald Trump, que está sete pontos atrás de Joe Biden na média das pesquisas, precisava ganhar, desestabilizando seu adversário, mostrando-o como fraco, lento ou sonolento. Não conseguiu. Agressivo e assertivo, o democrata segurou a onda. Não aproveitou, contudo, a chance de acuar o presidente nas denúncias de evasão fiscal, que dominaram o noticiário dos últimos dias. Mas, para Biden, não perder o debate foi um bom sinal. Ninguém esperava um confronto habitual entre dois adversários políticos tão díspares, no decorrer de uma pandemia que matou 205 mil americanos, de uma disputa na Suprema Corte e de uma recessão econômica. Mas o que se viu neste primeiro duelo de candidatos que disputam a Casa Branca surpreendeu até os veteranos, como o âncora George Stephanopoulos, da ABC News. “Como alguém que assistiu a debates presidenciais por 40 anos, moderou vários e preparou candidatos, esse foi o pior que eu já vi em toda a minha vida", disse. Coube a Trump dar o tom mais preocupante do embate, ao manifestar claramente, como presidente do país, dúvidas sobre a segurança do processo eleitoral. “Isso não vai acabar bem. Vai ser uma fraude como você nunca viu,” assegurou, ao referir-se à votação por correio. Biden revidou: “Ele só tem medo de contar os votos.” O presidente estava no palco para tumultuar, sem respeitar o tempo estipulado pelo moderador Chris Wallace, que perdeu o controle do debate. Biden se dirigia diretamente para a câmera, como se falasse ao eleitor. Mas era frequentemente atropelado por Trump, que parecia mais interessado em desmotivar o eleitor a votar. Veja vídeos do debate

  15. Debate ficou marcado pela troca de acusações e por seguidas interrupções. Veja algumas das frases proferidas pelos candidatos. Veja os destaques do primeiro debate entre Donald Trump e Joe Biden O primeiro debate dos candidatos Donald Trump e Joe Biden na corrida presidencial dos Estados Unidos ocorreu na noite de terça-feira (29). Em discussão marcada por interrupções e trocas de acusações, os dois rivais abordaram temas como a pandemia do novo coronavírus, meio ambiente, racismo e outros temas do noticiário político americano. Veja abaixo algumas das frases do primeiro debate dos candidatos a presidente dos EUA Pandemia do Coronavírus "Eu uso máscaras quando precisa. Eu não uso máscaras como ele — toda vez ele está com uma máscara. Ele pode estar a 600 metros de você e aparece com a maior máscara que eu já vi." — Trump sobre o uso de máscaras por Biden. "Se tivéssemos ouvido você, e tivesse deixado tudo aberto, milhões de pessoas teriam morrido mais. Foi culpa da China [...]. Se você olhar o que nós fizemos, eu fechei e você disse que isso [interromper chegada de pessoas provenientes da China] era xenofóbico." — Trump sobre estratégias dos democratas no início da pandemia. "Este é o mesmo homem que disse a vocês que na Páscoa isso [o coronavírus] iria embora. Iria embora pelo tempo quente, milagrosamente. E talvez você possa injetar desinfetante no braço. É este homem que está falando sobre vacinas." — Joe Biden, sobre Donald Trump, que respondeu: "Disse isso com sarcasmo, e você sabe disso." "Seu próprio diretor do CDC disse que se usássemos máscaras até agora e o distanciamento social até janeiro, mais de 100 mil vidas podem ser salvas." — Biden para Trump. Observados pelo moderador Chris Wallace, Donald Trump e Joe Biden participam de debate presidencial em Cleveland, Ohio, na terça-feira (29). Olivier Douliery/Pool via REUTERS Vacinas "Eu falei com cientistas no comando. Eles vão ter uma vacina bem em breve." — Trump, em declaração otimista com a produção de um imunizante. "Queremos uma vacina. Mas eu não acredito nele, de jeito nenhum, nem vocês. Nós acreditamos nos cientistas." — resposta de Biden. Meio ambiente e mudanças climáticas "As florestas tropicais do Brasil estão sendo destruídas, e mais carbono é absorvido naquelas florestas tropicais do que nos Estados Unidos. Eu iria me juntar para garantir que países juntos tenham um pacote de US$ 20 bilhões: 'Está aqui um pacote de US$ 20 bilhões para vocês pararem de desmantelar a floresta'. Se não fizerem isso, vão ter consequências severas." — Biden, sobre incêndios na América do Sul. "Eu acho que até um ponto sim. Mas todo ano eu escuto que a Califórnia está queimando, e você precisa de bom manejo florestal." — Trump, perguntado se acredita que a ação humana contribui com as mudanças climáticas. "Você precisa de manejo florestal, além de todo o resto. O solo da floresta é cheio de árvores velhas e folhas e tudo mais. Você derruba um cigarro e toda a floresta queima." Questão racial e protestos "Proud Boys? Fiquem na sua e recuem" — Trump, ao ser perguntado se criticaria o apoio recebido pelos grupo de supremacistas brancos. "Quero 'lei e ordem' com justiça, que as pessoas sejam justamente tratadas." — Biden, mencionando um slogan da campanha de Trump. "A vasta maioria dos policiais são bons: homens e mulheres decentes. Mas há algumas maçãs podres. E elas têm que ser responsabilizadas." — Biden sobre a violência policia. "Você chamou de 'superpredadores'. Você tratou a população afro-americana muito mal neste país.' — Trump ataca Biden sobre declarações dadas em relação a população negra nos EUA. "Você fala de ajudar afro-americanos? 1 em 1 mil afro-americanos morreram por causa do coronavírus." — Retrucou Biden. Impostos de Trump "Eu paguei milhões de dólares em impostos, em impostos de renda. Eu paguei US$ 38 milhões em um ano, eu paguei US$ 27 milhões em outro." — Trump, sobre ter pago apenas US$ 750 em 2016 e 2017. "Mostre, então.", respondeu Biden. Outras trocas de farpas "Nunca houve um governo ou um presidente que fez o que eu fiz em um período de três anos e meio. Isso mesmo com os boatos [que levaram ao] impeachment [...]. Antes de a Covid chegar, tínhamos a melhor economia na história, os menores números de desemprego. Tudo estava bem." — Trump, ao defender por que deveria ficar no cargo. "Com este presidente, nos tornamos mais fracos, mais doentes, mais pobres, mais divididos e mais violentos." — Biden, em críticas contra Trump. "Eu não fui eleito para três anos. Eu fui eleito para quatro anos." — Trump, sobre poder escolher nova juíza da Suprema Corte. "É difícil dizer qualquer coisa a este palhaço. Desculpe-me, a este presidente." — disse Biden a Trump. Veja mais vídeos do debate
  16. Candidatos à presidência dos Estados Unidos discutiram temas como composição da Suprema Corte, pandemia de coronavírus e violência em protestos raciais. Donald Trump e Joe Biden trocam acusações em primeiro debate acalorado Candidatos à presidência dos Estados Unidos discutiram temas como composição da Suprema Corte, pandemia de coronavírus e violência em protestos raciais. Em debate quente, Trump e Biden evidenciaram discordâncias sobre Suprema Corte, pandemia, economia e protestos antirracistas.

  17. Para viabilizar seu novo programa social, o Renda Cidadã, o governo propôs usar recursos do Fundeb e a moratória de precatórios. A 'contabilidade criativa' apresentada pegou mal e o mercado financeiro vê risco de 'calote'. Você pode ouvir O Assunto no G1, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga O Assunto, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar. A utilização de recursos do Fundeb e a moratória de precatórios são as mais recentes opções apresentadas para bancar um novo projeto de programa social. A proposta, apresentada pelo líder do governo no Congresso, pegou mal: a Bolsa despencou, e o dólar subiu. Tudo isso porque o mercado financeiro e os economistas entendem que essa manobra traz de volta termos como "calote" e "pedalada fiscal". Neste episódio, Renata Lo Prete conversa com o economista Felipe Salto, diretor executivo da Instituição Fiscal Independente, que explica o que é “contabilidade criativa” e por que a solução apresentada vai contra a responsabilidade fiscal. Ele ainda analisa as dificuldades e os possíveis caminhos para manter o Orçamento dentro do teto. Participa também o repórter do jornal Valor Econômico Fabio Graner, que acompanha desde o início a saga de Bolsonaro por um Bolsa Família para chamar de seu. Fabio relata os bastidores da formulação da proposta. O que você precisa saber: Relator diz que Renda Cidadã vai ser financiado com recursos do Fundeb e dos precatórios Bovespa cai 1,15% com preocupação interna sobre risco fiscal Usar verba de precatórios para financiar novo programa social é inconstitucional, diz OAB Fundeb: tirar dinheiro da educação básica para financiar o Renda Cidadã é 'inconcebível' e 'contraditório', dizem entidades Relator diz que usar verba de precatórios para financiar o Renda Cidadã não é calote Secretário do Tesouro diz que governo estuda 'outras fontes' para financiar Renda Cidadã O podcast O Assunto é produzido por: Isabel Seta, Gessyca Rocha, Luiz Felipe Silva, Thiago Kaczuroski, Giovanni Reginato, Mônica Mariotti e Renata Bitar. Apresentação: Renata Lo Prete Comunicação/Globo O que são podcasts? Um podcast é como se fosse um programa de rádio, mas não é: em vez de ter uma hora certa para ir ao ar, pode ser ouvido quando e onde a gente quiser. E em vez de sintonizar numa estação de rádio, a gente acha na internet. De graça. Dá para escutar num site, numa plataforma de música ou num aplicativo só de podcast no celular, para ir ouvindo quando a gente preferir: no trânsito, lavando louça, na praia, na academia... Os podcasts podem ser temáticos, contar uma história única, trazer debates ou simplesmente conversas sobre os mais diversos assuntos. É possível ouvir episódios avulsos ou assinar um podcast – de graça - e, assim, ser avisado sempre que um novo episódio for publicado.
  18. Sinal do canal está aberto para prestar serviço à população com as últimas notícias sobre a pandemia de coronavírus no Brasil e no mundo. GloboNews ao vivo Sinal do canal está aberto para prestar serviço à população com as últimas notícias sobre a pandemia de coronavírus no Brasil e no mundo. Com a escalada do coronavírus no Brasil e os impactos da pandemia na saúde, na política e na economia, a informação é fundamental.. Por isso, o sinal da GloboNews está aberto.. Acompanhe a cobertura completa nas plataformas online da sua TV por assinatura, nos canais Globo e no G1. GloboNews nunca desliga.
  19. Candidato democrata acusou presidente de não usar seu poder para intervir. Ele falou ainda em ameaçar Brasil com 'consequências econômicas significativas' durante primeiro debate presidencial nos EUA. As florestas tropicais no Brasil estão sendo destruídas, diz Biden O candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, citou a destruição da floresta tropical brasileira ao criticar seu adversário, o presidente Donald Trump, que tenta a reeleição, durante o primeiro debate entre eles, na noite de terça-feira (29). Biden acusou Trump de não usar sua influência para ajudar a defender a natureza e prometeu que, caso seja eleito, tentará reunir outros países para agir nesse sentido, inclusive ameaçando o Brasil economicamente (assista no vídeo acima). “Está tudo desmoronando, estamos falando de alguém que não tem relação com política externa. O Brasil, a floresta tropical do Brasil, está sendo demolida, está sendo destruída, mais carbono é absorvido naquela floresta tropical do que cada pedacinho de carbono que é emitido nos Estados Unidos. Em vez de fazer algo a respeito… eu estaria me reunindo e garantindo que os países do mundo venham com US$ 20 bilhões e digam ‘aqui estão US$ 20 bilhões pare, pare de derrubar a floresta e se não fizer isso, você terá consequências econômicas significativas’”, disse. Conheça os candidatos à Casa Branca Ainda falando sobre meio ambiente, Trump tentou ligar Biden à esquerda radical e disse que o plano ambiental do democrata era o "Green New Deal", apoiado por políticos como Bernie Sanders. Biden, entretanto, respondeu que “Não apoio o Green New Deal. Apoio o plano Biden que apresentei”. Vídeos: Eleições nos EUA em 2020 Initial plugin text

  20. Trump e Biden se enfrentaram pela primeira vez em debate nesta terça-feira (29). Veja a análise dos comentaristas da GloboNews. Trump e Biden se enfrentaram pela primeira vez em debate nesta terça-feira (29). Veja a análise dos comentaristas da GloboNews.

  21. Programa dá bolsas de estudo parciais e integrais em universidades particulares. Portal de inscrições voltou a funcionar, após problemas técnicos relatados por candidatos. Bolsas remanescentes do Prouni recebem inscrições até dia 30 de setembro Pixabay Interessados em concorrer a uma das bolsas remanescentes do Programa Universidade para Todos (Prouni) têm até esta quarta-feira (30) para fazer a inscrição no benefício. O Prouni dá bolsas de estudo parciais e integrais em universidades particulares. Nesta etapa, estão sendo ofertadas mais de 90 mil vagas que ainda não foram ocupadas para o segundo semestre. Tratam-se de bolsas que "sobraram" após desistências ou falta de documentação dos candidatos pré-selecionados no processo seletivo. Segundo o Ministério da Educação (MEC), haverá apenas esta fase de inscrição para bolsas remanescentes – ela inclui tanto quem já está matriculado no ensino superior e busca um desconto na mensalidade, como quem ainda quer ingressar na universidade. Quem pode participar do Prouni? Para participar, o candidato precisa ter feito a edição 2019 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e não pode ter um diploma do ensino superior. Também é preciso se enquadrar em um dos seguintes critérios de renda: Para concorrer às bolsas integrais: renda familiar bruta mensal per capita de até 1,5 salário mínimo (R$ 1558,5 - pelo salario mínimo nacional) Para concorrer às bolsas parciais (50% de desconto na mensalidade): renda familiar bruta mensal per capita de até 3 salários mínimos (R$ 3117 - pelo salario mínimo nacional) Além disso, é preciso se encaixar em pelo menos uma das seguintes situações: ter cursado o ensino médio inteiro em escola pública; ter cursado o ensino médio em escola privada, com bolsa integral; ter cursado o ensino médio parcialmente em escola privada, desde que na condição de bolsista integral; ter alguma deficiência; ser professor do quadro permanente de uma escola pública (nesse caso, o critério de renda familiar não se aplica). Prouni: começa hoje inscrição pra vagas remanescentes

  22. Apostas podem ser feitas até as 19h em lotéricas ou pela internet. Valor da aposta mínima é de R$ 4,50. Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até as 19h Marcelo Brandt/G1 O concurso 2.304 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 60 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h desta quarta-feira (30) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. A aposta mínima custa R$ 4,50 e pode ser realizada pela internet - saiba como fazer. Para apostar na Mega-Sena As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos. É necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito. Probabilidades A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa. Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa. VÍDEOS: os vídeos mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias

  23. Capa de 'Paulinho da Viola', álbum de 1968 em que o artista apresentou o samba 'Encontro' Pedro de Moraes ♪ MÚSICAS PARA DESCOBRIR EM CASA – Encontro (Paulinho da Viola, 1968) com Paulinho da Viola ♪ Lançado em 1968 pela gravadora Odeon, o primeiro álbum solo de Paulinho da Viola foi batizado com o nome desse refinado cantor, compositor e músico carioca que entrou em cena em 1960 no bloco carnavalesco Foliões da Rua Anália e que começou a ganhar certa projeção a partir de 1964. O álbum foi pautado por pomposos arranjos orquestrais. Criados pelos maestros Lindolpho Gaya (1921 – 1987) e Nelson Martins dos Santos (1927 – 1996), o Nelsinho, esses arranjos por vezes contrastaram no disco com a natureza geralmente íntima do cancioneiro autoral de Paulinho. Contudo, um dos sambas mais lindos – e menos conhecidos – do compositor apareceu nesse álbum em arranjo em que o maestro Nelsinho deu a devida ênfase somente ao toque do violão de Paulinho da Viola. Trata-se de Encontro, samba da lavra solitária do compositor. Nunca mais abordado por Paulinho, Encontro é samba interiorizado em que o compositor exprime o arroubo da paixão súbita por mulher de nome ignorado pelo apaixonado. O amor à primeira vista bate forte no peito comprimido do eu-lírico do samba. Encontro se desenrola em tom melancólico – tônica na obra do artista, como ficaria evidente nos anos 1970, década áurea da produção autoral do compositor –com doses de lirismo romântico quando o apaixonado enfim se revela diante da musa da paixão sem fazer gênero por saber que nada tem além da viola e do arrebatamento. “Meu pobre samba é a rosa que penso te oferecer”, canta Paulinho da Viola, em um dos versos de Encontro que exemplificam a sensibilidade lírica da letra. Esquecido no álbum Paulinho da Viola, o samba Encontro mereceu somente uma regravação desde 1968. Foi a feita pela cantora paulistana Ilana Volcov – voz revelada no grupo Barbatuques – no primoroso álbum Banguê (2010). Com letra e (bela) melodia em simbiose, o samba Encontro é música que merece ser descoberta, inclusive pelo próprio Paulinho da Viola. ♪ Ficha técnica da Música para descobrir em casa 38 : Título: Encontro Compositor: Paulinho da Viola Intérprete original: Paulinho da Viola Álbum da gravação original: Paulinho da Viola Ano da gravação original: 1968 Regravações que merecem menções: a da cantora Ilana Volcov no álbum Banguê (2010). ♪ Eis a letra da música Encontro : “Guardei o teu olhar, mas teu nome eu não sabia E a vida para mim Começou naquele dia Eu andava pelas ruas Te sonhando, te esperando Te sentindo em cada samba Que do coração tirei Teu nome era segredo, mas ninguém quis me dizer E o mundo não sabia o quanto eu esperei 'Alô, Alô, é o moço que canta samba Sou eu a moça da festa Tenho em meu nome Maria Tenho andado em tua vida, pelo que ouço dizer Faz um samba com meu nome Que eu me encontro com você' Alô, alô, respondi 'farei agora' Por favor, não vai embora que eu preciso te dizer Que a não ser minha viola não tenho muito na vida Meu pobre samba é a rosa que penso te oferecer Guardei o nosso encontro, teu sorriso, teus encantos E procurei todo mundo pra contar o que senti Cantei o meu samba em teu nome E vi no mundo o espanto A ninguém guardei segredo Do amor que consegui A ninguém guardei segredo Do amor que consegui Guardei o teu olhar, mas teu nome...”

  24. Trabalhadores do Bolsa Família terminam de receber primeira parcela de R$ 300. Caixa também começa a pagar parcelas de R$ 600 para novos aprovados. A Caixa Econômica Federal (CEF) paga nesta quarta-feira (30) mais uma parcela do Auxílio Emergencial a 5,2 milhões de trabalhadores. Depois de muita demora na divulgação do calendário, 2,2 milhões trabalhadores fora do Bolsa Família começam a receber a primeira das quatro parcelas de R$ 300 da extensão do Auxílio. Outros 1,4 milhão de trabalhadores ainda recebem parcelas de R$ 600 - entre eles, os nascidos em janeiro entre 492 mil novos aprovados, que fizeram a contestação entre os dias 20 de julho e 25 de agosto, que receberão a primeira parcela do benefício. Já os beneficiários do Bolsa, a Caixa conclui nesta quarta o pagamento da primeira parcela de R$ 300 para 1,6 milhão. Veja o calendário completo de pagamentos do Auxílio Emergencial Veja como serão os pagamentos de R$ 300 e tire dúvidas Só 56% dos aprovados fora do Bolsa Família devem receber todas as 4 parcelas de R$ 300 Saiba como liberar a conta bloqueada no aplicativo Caixa Tem Tira dúvidas sobre o Auxílio Emergencial SAIBA TUDO SOBRE O AUXÍLIO EMERGENCIAL Confira as datas para o pagamento da nova fase do Auxílio Emergencial de R$ 300,00 Para o público do Bolsa Família, os pagamentos são feitos da mesma forma que o Bolsa. Para os demais, a ajuda será creditada em conta poupança social digital da Caixa, que poderá ser usada inicialmente para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual. Saques e transferências para quem receber o crédito nesta quarta serão liberados no dia 7 de novembro (veja nos calendários mais abaixo). VEJA QUEM RECEBE NESTA QUARTA-FEIRA: 1,6 milhão de trabalhadores do Bolsa Família aprovados no programa, cujo número do NIS termina em 0 1,4 milhão de trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos em janeiro, recebem a próxima parcela de R$ 600: - aprovados que já receberam 4 parcelas recebem a quinta parcela; - aprovados que já receberam 3 parcelas recebem a quarta parcela; - aprovados que já receberam 2 parcelas recebem a terceira parcela; - aprovados que já receberam 1 parcela recebem a segunda parcela; - novos aprovados recebem a primeira parcela. 2,2 milhões de trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos em janeiro, recebem a primeira parcela de R$ 300: - trabalhadores que já receberam as 5 parcelas de R$ 600 recebem a primeira de R$ 300 Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br. Calendários de pagamento Veja abaixo os calendários de pagamento. BENEFICIÁRIOS DO BOLSA FAMÍLIA Auxílio Emergencial - Beneficiários do Bolsa Família Economia G1 BENEFICIÁRIOS FORA DO BOLSA FAMÍLIA Clique aqui para ver o calendário completo dos pagamentos VÍDEOS: as últimas notícias sobre o Auxílio Emergencial

  25. Um grupo chegou na rua Oliveira Filho com o objetivo de executar a mãe da criança mas a menina foi atingida pelos disparos e faleceu no local. A mãe da criança ficou ferida com os disparos. Rafaela Duarte/SVM Uma menina de quatro anos foi morta a tiros na Praia do Futuro, na noite desta terça-feira (29). Um grupo chegou em um veículo na rua Oliveira Filho e efetuou disparos contra uma mulher e a criança também foi atingida. A menina faleceu no local. De acordo com informações dos moradores da região, a mulher atingida é mãe da criança que faleceu. O grupo de homens chegou com o objetivo de executar a mulher (que ficou ferida com alguns disparos) mas os criminosos também dispararam contra a criança. Equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE), Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) e Polícia Civil foram acionadas e se dirigiram ao local. Policiais realizam diligências na região para identificar e prender possíveis suspeitos. O crime vai ser investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Praia do Futuro Mais cedo, ainda na noite desta segunda-feira (29), quatro homens foram mortos, também na região da Praia do Futuro. Segundo a polícia, as vítimas foram atingidas após uma tentativa de fuga em um carro o na Avenida Dioguinho. O G1 aguarda mais detalhes da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) acerca do caso.

+ Sobre nós

Image

Onde estamos: .

Rua Barão do Rio Branco, 347
Centro Itápolis/SP
3262 7482 - 3262 7483
16 99781 3817(Rega)
16 99742 1727(Daiane)
© 2018 RG Assessoria Fisco Contábil. All Rights Reserved. Designed By JKAsites

Busca